O meu filho não dorme bem à noite - Parte I

O meu filho não dorme bem à noite - Parte I
Partillhar

Está farta de passar noites e noites acordada? Já não se lembra da última vez que dormiu oito horas seguidas? A insónia é uma doença que pode chegar a desequilibrar completamente a vida de uma pessoa. Mas quando quem sofre da insónia não é você, mas sim o seu filho pequeno, pode ainda ser pior. Damos-lhe alguns conselhos e pautas a seguir para solucionar este problema.


1. Assegure-se se o seu filho sofre de um problema

Como saber se o seu filho sofre de um transtorno do sono? Se responde afirmativamente às seguintes questões, paciência, porque provavelmente o seu filho tem algum problema para dormir:

-Dificuldade para começar a dormir sozinho
-Múltiplos despertares nocturnos
-Sono superficial (acorda com qualquer ruído)
-Dorme menos horas das habituais para a sua idade
Respondeu que sim a tudo? Bem, calma, há vários passos que pode seguir para solucionar este problema.

2. Diagnosticar o problema

As crianças podem ter falta de sono por motivos diferentes, e a cada problema corresponde uma solução:

Problema 1: Sestas demasiado grandes. Mesmo sendo verdade que as crianças precisam de dormir durante o dia, se as sestas são feitas num horário errado ou de uma duração inadequada, podem tirar-lhe o sono para a noite.
Solução: Espaçar as sestas, para que passem entre 2 a 3 horas entre cada uma e que não afectem o ciclo de alimentação.

No te puedes perder ...

Alimentação: o meu filho não quer comer!

Alimentação: o meu filho não quer comer!

O seu filho zanga-se sempre que se senta à frente do prato? Com frequência, para muitas famílias, a hora da refeição converte-se num autêntico pesadelo e numa guerra contínua entre pais e filhos. O que devemos fazer quando o nosso filho não quer comer? Antes de mais é fundamental não perder a calma.

Problema 2:Resistência em deitar-se. Para muitos pais a luta começa antes inclusive de que a criança chegue à cama.
Solução: Estabelecer rotinas que incluam uma hora fixa para ir para a cama, um tempo de preparação, a hora a que deve acordar…

Problema 3: Problemas com as fases do sono. Um problema, sobretudo ao ir de férias, é que a hora de acordar ou de se deitar se atrase ou se adiante, o que altera o sono da criança.
Solução: Tentar que a criança cumpra algum dos hábitos ou rotinas a que está habituada, para que a mudança seja a menor possível.

Problema 4:Pesadelos ou terrores nocturnos. A maioria dos pesadelos e dos terrores nocturnos das crianças não são importantes, mas se algum se repete com muita frequência, deve-se procurar ajuda psicológica, já que pode ser uma manifestação de um problema mais profundo.
Solução: Se depois de um pesadelo a criança acorda e chama pelos pais, estes devem ir consolá-la até que acalme, já que os menores de 5 anos não distinguem entre o sono e a realidade. Se os pesadelos são recorrentes, será bom falar sobre eles no dia seguinte e procurar um final feliz, para conseguir que o pesadelo desapareça.

Os dados…

Segundo as poucas estatísticas realizadas em relação a este tema, a maioria das crianças até aos 3 anos tem algum tipo de problema ao dormir. Além disso, 50% a 70% das crianças dormem menos horas das que deviam. Recentes estudos acrescentam que 88% das crianças que sofrem de algum transtorno de visão têm problemas em dormir.



0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>