Futuros pais: conselhos para acabar com alguns medos!

Futuros pais: conselhos para acabar com alguns medos!
Partillhar

O simples facto de pegar o bebé ao colo pode ser motivo de preocupação para muitos futuros papás. Medo de fazê-lo mal e de magoar esse frágil bebé que passa o dia a dormir. Apesar de nas primeiras vezes não estar tranquilo, em pouco tempo irá perceber que o contacto com o seu filho é fundamental. Dessa forma, não tenha medo de mexer-lhe, beijá-lo ou de tê-lo nos braços tantas vezes quanto possa … isto para converter-se num pai nota 10.

Segundo os resultados de uma entrevista publicada em www.todopapas.com os pais de hoje em dia estão muito mais implicados no cuidado e na educação dos seus filhos. Pelo menos é isso que afirma cerca de 72% dos participantes.

Embora para muitos pais, especialmente os inexperientes, lhes pareça uma tarefa complicada … sentem que a mãe está muito mais implicada na vida do seu filho desde que fica grávida, que transporta o bebé 9 meses dentro de si, do nascimento, da amamentação materna vai formando um forte vínculo entre mãe e filho que pode fazer com que o pai se sinta algo desprezado e, dessa forma, com menos possibilidades de interferir desde o nascimento da criança, no seu cuidado, na sua vida e na sua educação. No entanto, você pode criar os mesmos laços com o seu filho e converter-se num autêntico pai nota 10 seguindo estes simples conselhos do TodoPapas.

Educar as crianças e ser um bom pai é uma tarefa difícil que irá aprender aos poucos. O importante é que esteja aí, junto ao seu filho, transmitindo-lhe todo o seu amor … o resto virá por si só.

Perca os medos!

Quando olha para a mãe do seu filho muitas vezes se pergunta como e quando aprendeu a fazê-lo tão bem … é a mãe perfeita! Pois, efectivamente ninguém nasce sabendo, ela também foi aprendendo a pouco e pouco assim como você terá de fazê-lo. Dessa forma, perca os medos, arregace as mangas e comece a trocar as fraldas ao seu bebé … aos poucos irá ganhando confiança em si mesmo e a sua mulher também.

Férias com bebés: alguns conselhos para que tudo corra bem

Férias com bebés: alguns conselhos para que tudo corra bem

Para os pais mais inexperientes qualquer actividade nova com o seu bebé é uma dor de cabeça que traz muitas dúvidas. As primeiras férias de Verão que vão desfrutar juntos podem ser uma dessas situações: Para onde é que é melhor ir? Praia ou montanha? Será que o bebé pode tomar banho no mar? E na piscina? …

Participe nos seus cuidados desde recém-nascido …

Se já superou a prova de trocar as fraldas, agora toca-lhe …

- Dar-lhe biberão, esterilizá-lo, prepará-lo, comprovar a temperatura, etc.

- Dar-lhe banho, é uma das experiências mais gratificantes: os bebés adoram a água.

- Levante-se durante a noite quando o seu filho chorar.

Brinque com o seu filho

Brincar com os bebés não é exclusivo da mãe e não perde nada da sua virilidade por atirar-se para o chão, fazer de avião, gatinhar, cantar … Para além disso, o jogo é um aspecto fundamental na vida da criança através do qual esta expressa o que pensa, o que quer, o que precisa e o que sente em relação ao mundo que a rodeia.

Carícias, beijos e abraços

O contacto físico é fundamental para estabelecer vínculos emocionais com o seu filho desde a sua mais tenra infância. Com ele não tem de fazer o papel de homem sério e forte: dê-lhe beijos, mimos, abraços. Precisa do seu carinho para desenvolver-se com plenitude.

Um pai disponível

É fundamental que participe no dia-a-dia do seu filho. Estabeleça uma tarde por semana para poderem passá-la juntos. Leve a criança a dar um passeio, visite a casa dos avós, dos tios … ou fiquem em casa e dediquem um tempo considerável simplesmente a jogarem. Seguramente que a mamã irá agradecer ter uma tarde livre para dedicar-se a si mesma e às suas coisas.

Quando a criança está doentinha, perante uma reunião de pais da escolinha, quando tem uma consulta no pediatra ou até perante alguns imprevistos … não deixe que a mãe vá sozinha, acompanhe-a ou troquem de vez em quando. Já está muito próximo de ser um pai nota 10.

Comunicação

Fale com o seu filho e escute-o quando lhe conta as suas coisas. Embora a si lhe pareça tonteiras, para ele são o mais importante, o que mais o inquieta, lhe surpreende ou preocupa. Não pretenda que em adolescente lhe conte as suas coisas com confiança se não a foi ganhando desde pequeno. Para além disso, falando com ele já nos seus primeiros anos está a fomentar o seu desenvolvimento da linguagem enquanto lhe demonstra o quando te importa.

Igualmente, a comunicação também é necessária com a mãe do seu filho. Para serem ambos pais nota 10 devem tomar decisões sobre a vida da criança em comum.

Disciplina e Autoridade

Encontre um equilíbrio entre a liberdade de decisão do seu filho, sempre em função da sua idade e amadurecimento, e a sua autoridade como pai. Uma disciplina positiva passa por educar desde o amor e do carinho, ensinando as normas básicas de disciplina e de obediência desde pequeninos. Estabeleça limites e mantenha um mesmo critério educativo com a sua parceira.

Uma atitude firme por parte do pai é positiva para a segurança da criança, no entanto dê-lhe opções e reserve o “não” para o realmente necessário. O excesso de negativas não é educativo, simplesmente limita a criança. Acima de tudo tem de ter paciência e serenidade.

Façam actividades juntos

Em todas as etapas do seu filho pode encontrar alguma actividade que os dois gostem para passarem mais tempo juntos. Seja aulas de natação, ouvir música ou, quando for um pouco mais crescido, ensinar-lhe o seu desporto preferido.

Também pode aproveitar o tempo que estão juntos para que a criança aprenda normas básicas como lavar os dentes, comer com babetes, tomar banho ou pentear-se pela manhã …

Também com a sua parceira …

Não se esqueça que não é apenas pai … cuide e mime a relação com a sua mulher. Estabeleça uma tarde ou uma noite por semana exclusivamente para vocês os dois: sair para jantar, passear, falar de qualquer coisa … ofereça-lhe flores! Pense que numa casa onde os pais são felizes os filhos também são.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×