Viajar de avião, será que o meu filho já tem idade?

Viajar de avião, será que o meu filho já tem idade?
Partillhar

Não existe nenhum problema para o bebé, mas se vai ser uma viagem longa o melhor é esperar que a criança já tenha alguns meses. Se o bebé é muito pequeno, é provável que passe o tempo todo a dormir e que nem se aperceba. Se já é mais crescido, dê-lhe um caramelo ou uma pastilha ao descolar e ao aterrar para que não lhe doam os ouvidos e se for um bebé mais pequeno dê-lhe um pouco de água com o biberão.

Não existe nenhum problema para o bebé, mas se vai ser uma viagem longa o melhor é esperar que a criança já tenha alguns meses. Se o bebé é muito pequeno, é provável que passe o tempo todo a dormir e que nem se aperceba. Se já é mais crescido, dê-lhe um caramelo ou uma pastilha ao descolar e ao aterrar para que não lhe doam os ouvidos e se for um bebé mais pequeno dê-lhe um pouco de água com o biberão.

Quando for comprar os bilhetes peça os lugares seguidos. Também é conveniente estar ao lado do corredor por comodidade e para incomodar o menos possível os restantes passageiros sempre que tem de ir à casa de banho.

No que diz respeito ao melhor lugar do avião a primeira fila de assentos é cómoda se tiver que colocar uma cadeirinha. Para além disso, não é permitido que as crianças viajem juntas das saídas de emergência. Outra vantagem deste transporte (à parte da comodidade e da rapidez) é que normalmente as crianças com menos de dois anos não pagam bilhete, mas não têm direito a assento nem a levarem bagagem. Desde esta idade até aos 12 anos têm desconto em algumas companhias aéreas e dispõem de assento e podem levar bagagem.

Praia, o que fazer se o meu filho se perder?

Praia, o que fazer se o meu filho se perder?

Nesta idade é muito fácil que as crianças se percam, especialmente em sítios como a praia ou a piscina. Quem é que já não ouviu, até mais do que uma vez, os nadadores-salvadores anunciarem que uma criança está perdida? Antes que o seu filho também se perca aprenda a evitá-lo e, principalmente, a agir se ele se perder.

Dessa forma, é habitual que recebam pequenas distracções como peluches, mochilas ou puzzles. Se solicitar com 24 horas de antecedência, existem companhias que dispõem de cadeirinha a até de fraldas e toalhitas. Nos aeroportos das cidades mais importantes podem existir salas para que as crianças se distraiam enquanto realizam viagens com escala.

Convém que a criança leve uma roupa cómoda e, se for muito pequena e se for passar a noite no avião, um pijama para que se sinta mais relaxada. As linhas aéreas esforçam-se para mimar as crianças e tornar-lhes a viagem mais agradável. Pode existir um menu especial para crianças, que se deve solicitar com antecedência.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
loading...
×


×
×
×