• Buscar
Publicidad

Como são contados os dias do período?

Como são contados os dias do período?

A menstruação ou o período é a hemorragia que ocorre em todas as mulheres saudáveis em idade fértil uma vez em cada ciclo menstrual. Isto ocorre normalmente a cada 28 dias, embora os ciclos possam ser mais longos ou mais curtos. A menstruação dura entre 3 e 7 dias e em cada mulher há variações nos sintomas que a acompanham, a duração, a intensidade da hemorragia, etc. Mesmo na mesma mulher pode haver grandes mudanças ao longo da sua vida fértil.

Publicidade

Índice

 

O que é o período?

A menstruação (também chamada período, sangue menstrual, etc.) numa mulher começa com a menarca ou primeiro período. Isto geralmente acontece no início da puberdade, entre os 11 e 12 anos de idade. A partir desse momento, os ovários começam a libertar um óvulo em cada ciclo menstrual que viaja para as trompas de Falópio à espera de ser fecundado para que possa ocorrer uma gravidez. Quando isto não acontece (o que é o habitual), o tecido endometrial que tinha sido preparado para receber o óvulo fertilizado é expelido juntamente com qualquer sangue restante através da vagina, causando o que é conhecido como menstruação.

Este processo repete-se uma e outra vez desde a menarca até à menopausa, a menos que uma mulher tenha um problema de saúde que retarde este processo ou fique grávida. A partir do momento em que o óvulo é fecundado e implantado no útero, os ciclos menstruais param e só regressam alguns meses após o parto.

Mas enquanto a gravidez não ocorrer e a mulher estiver saudável, uma vez a cada 28 dias, aproximadamente, o período virá visitá-la e ela passará entre 3 a 7 dias com hemorragias de diferente intensidade acompanhadas de outros sintomas tais como sensibilidade e dor nos seios, cólicas abdominais, dor na parte inferior das costas, cansaço, mau humor ou irritabilidade. Todos estes sintomas são causados pelo aumento e queda das hormonas que provocam este ciclo menstrual, que, embora seja normalmente de 28 dias como dissemos, pode ter uma frequência entre 21 e 35 dias, e até ser irregular e variar de um ciclo para outro.

 

Quando começa o ciclo menstrual?

O primeiro dia do período (mesmo que sejam apenas algumas gotas de sangue) é também o primeiro dia do ciclo, o que marca o fim de um ciclo e o início de outro. Como dissemos, o período dura geralmente entre 3 e 7 dias; dias em que a hemorragia varia na cor, quantidade, frequência... Assim, os dois primeiros dias são normalmente os que mais sangram, embora também haja mulheres que começam com uma leve hemorragia castanha que dura algumas horas.

Depois, durante os dias de maior sangramento, a cor é vermelho vivo, com coágulos e pode embeber uma compressa em apenas duas horas, embora isso dependa de cada mulher. Algumas mulheres têm períodos de hemorragia intensa enquanto outras quase não sangram nos dias em que ficam menstruadas. Após esses dias de mais sangramento, torna-se mais claro, mais castanho e menos frequente, por isso pode ser suficiente usar um salvaslip.

 

Dicas e outros sintomas

Para evitar que o sangue manche as cuecas e seja um desconforto para a mulher, bem como para evitar o mau cheiro que este sangue pode emitir quando se acumula, existem vários produtos de higiene íntima que cada mulher utilizará de acordo com as suas necessidades: tampões, pensos higiénicos ou salvaslips. A higiene nestes dias é fundamental, pelo que deve mudar frequentemente o produto escolhido e lavar todos os dias.

Além da hemorragia, como dissemos, o período é acompanhado de outros sintomas e desconfortos que a maioria das mulheres sofrem em maior ou menor grau: dor abdominal causada pelos espasmos que ocorrem para expelir sangue e outros resíduos, sensibilidade e dor nos seios, que também tendem a aumentar de tamanho, alterações de humor causadas por as hormonas, etc. Para aliviar estes sintomas e facilitar a sua vida, pode tentar tomar analgésicos ou anti-inflamatórios, colocar uma garrafa de água quente no abdómen, fazer exercício regularmente, etc.

 

Controlo do ciclo menstrual

É importante conhecer os nossos ciclos menstruais e anotar em que dia vem a nossa menstruação para verificar se não há alteração ou atraso que possa ser causado por uma gravidez, um problema hormonal ou metabólico, stress, etc. Além disso, desta forma podemos saber quanto tempo são os nossos ciclos menstruais e se são regulares ou não, o que nos dará a possibilidade de saber quando ocorrem os nossos dias férteis (aqueles em que um dos dois ovários liberta um óvulo), ou seja, quando devemos ter sexo sem protecção para conseguir uma gravidez.

Mas lembre-se que o método do calendário ou método ogino não é uma boa maneira de evitar uma gravidez indesejada porque, embora os dias férteis sejam quando é mais provável engravidar, pode haver uma perturbação no seu ciclo que a faça engravidar involuntariamente. Se não quiser engravidar, é melhor usar outros métodos de contracepção, tais como o DIU, a pílula, preservativos, etc.


Glosario

Menopausa

Definição:

Paragem permanente da menstruação e tem correlações fisiológicas, com a declinação da secreção de estrogénios pela perda da função folicular. É um passo dentro de um processo lento e longo de envelhecimento reprodutivo. A menopausa é um feito natural que ocorre normalmente entre os 45 e os 55 anos e, uma vez que se completa (denominado pós-menopausa), a mulher já não pode voltar a ficar grávida.

Sintomas:

Alguns dos sintomas mais comuns são similares aos da gravidez, e incluem sufocos, suores, palpitações, vertigens, enjoos e dores de cabeça.

Tratamento:

A menopausa é um processo natural. O tratamento com hormonas pode ajudar se se experimentam sintomas debilitantes tais como sufocos, suores frios ou ressequimento vaginal.

Goetzl, Laura (2006), Concepción y embarazo a partir de los 35, Pearson Educación.

Fecha de actualización: 15-12-2020

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×